O programa de desenvolvimento de gestores da Simpress

Na integra

Implementar um programa de desenvolvimento de gestores significa manter um olho no retrovisor e outro no caminho à frente. Esse foi o objetivo da parceria entre a Simpress e a Integração Escola de Negócios, iniciada em 2012 e mantida em 2013. A empresa, uma das mais premiadas no segmento de Business Process Outsourcing (BPO) de documentos, tem desenvolvido com a Integração um trabalho focado no desenvolvimento de gestores. A ideia é aprimorar as competências que a conduziram a Simpress até a liderança em seu setor, além de identificar as competências-chave para o futuro.

Werner Mitteregger, diretor de Recursos Humanos da Simpress, diz que a primeira contribuição da Integração veio com a nova configuração do seu Programa Desenvolvendo Gestores (PDG), que já existe há quatro anos. “Em 2012, identificamos as três competências com os principais gaps entre o desempenho alcançado e o esperado”, diz Werner. “Essas competências serviram para montarmos três módulos do PDG, que se estendeu por seis meses, de junho a novembro”, explica.

Os módulos do programa de desenvolvimento de gestores da Simpress

Os módulos definidos foram: Liderança e Gestão de Pessoas; Visão e Gestão Estratégica; e Excelência em Processos. Este último, conta Mitteregger, uma competência pela qual a Simpress já é notoriamente reconhecida, porém identificada como gap justamente porque “nossa régua é muito alta”.

Segundo o diretor, participaram do programa oitenta colaboradores em posição de liderança, entre coordenadores, gerentes e diretores. Um dia por mês, eles se deslocavam de suas unidades para assistirem às aulas na Integração, em São Paulo — a Simpress possui filiais em seis capitais brasileiras. Mas o mais interessante foi a forma como se conseguiu unir transmissão de conteúdo com atividades práticas e, num detalhe crucial, envolver os líderes da empresa de menor nível hierárquico (supervisores, por exemplo). Mitteregger explica:

“Cada módulo era dividido em uma aula teórica, de quatro horas, e outra de natureza mais prática, de oito horas, com oficinas e discussões. Entre uma aula e outra, porém, havia um período de 20 dias no qual os participantes, em grupo, realizavam atividades intermodulares, como pesquisa, redação de monografias e resumos de livros. Essas atividades, por acontecerem na empresa, envolviam os demais colaboradores, que recebiam assim o mesmo conteúdo através dos colegas.”

O programa de desenvolvimento de gestores teve feedbacks positivos

Embora julgue ainda cedo para avaliar resultados quantitativos,  Mitteregger diz ter recebido feedbacks extremamente positivos sobre o programa de desenvolvimento de gestores elaborado em parceria com a Integração. O processo foi muito rico, diz ele, por diversas razões.

Primeiro, ao intercalar as aulas com atividades in company na Simpress, o programa trabalhou um extenso conteúdo por seis meses sem se diluir, mantendo efetivamente o conhecimento “aceso” entre os participantes. “Cada módulo acrescentava conceitos aos do anterior, sem que eles fossem esquecidos.” Em segundo lugar, os trabalhos em grupo e a ideia de um aluno transmitir o conteúdo para o outro, em formato de monografia ou resumos, estimulava o contato de pessoas de áreas e níveis hierárquicos diferentes, de igual para igual.

Olho no futuro, graças ao programa de desenvolvimento de gestores

Contudo, enquanto o PDG se baseava em avaliações de desempenho passado, outra ponta da parceria com a Integração preocupava-se em olhar para frente. Contando com a ajuda da coach executiva Jaqueline Weigel, a Simpress tratou de descobrir quais competências serão essenciais no futuro da empresa. “Em suma: que caminhos deveremos tomar?”

O trabalho, segundo Werner, já foi realizado em 2012, porém os resultados ainda não compartilhados para a sua rede de colaboradores. “No dia 5 de fevereiro, comunicaremos nossas novas missão, visão e valores, e somente no segundo semestre de 2013 começaremos a trabalhar essas novas competências. É muita informação para se passar de uma vez só”, diz.

A expertise da Integração, principalmente do núcleo de coaching, comandado por Jaqueline, foi reconhecida como um apoio fundamental à equipe de Recursos Humanos da Simpress. Por isso mesmo, afirma o diretor, essa parceria não tem data para acabar.

Newsletter

Mantenha-se informado com a nossa newsletter e ganhe o e-book

Não se preocupe: não vamos encher o seu e-mail de spam :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *